quarta-feira, 8 de junho de 2016

Para onde vão os animais após o desencarne???

Sabemos que quando desencarnamos de regresso a nossa verdadeira morada todos retornaremos, mas e no caso dos nossos bichinhos tão queridos de estimação? O que os espera no processo além-vida?




UM CANTINHO DOS ANIMAIS

Existem dos planos conhecidos: o plano físico e o plano espiritual. Ora, se o animal habita o plano físico, quando desencarna ele adentra o plano imaterial, ou seja, o mundo dos espíritos. Mas essa afirmação não afirma que espíritos de homens e espíritos de animais dividam o mesmo espaço na erraticidade. Os homens tem seu espaço reservado, assim como os animais tem o seu e é para lá que eles são remanejados. Este local, segundo informações de André Luiz, se encontra nas proximidades da Terra, em colônias de transição e postos de socorro.

MEU FIEL COMPANHEIRO


Algumas pessoas se perguntam se elas, ao desencarnar, se encontrarão com os animais que lhes foram de estimação em vida, matando assim a saudade, que se acumulou durante o tempo em que ficaram separados. Esta é uma possibilidade pouco provável, segundo informações da Espiritualidade, uma vez que o animal não conserva sua consciência ativa após o desenlace do corpo físico. Ao adentrar o mundo espiritual, sua consciência adormece, ficando à disposição da espiritualidade para as funções que ela achar conveniente: reencarnar ou permanecer à disposição no plano espiritual a trabalho. Vejamos os ensinamentos dos espíritos na questão 600 de “O Livro dos Espíritos”> “A alma do animal, sobrevivente ao corpo, está depois da morte em um estado errante como a do homem? É uma espécie de erraticidade, visto que não está unida ao corpo, mas não é um Espírito errante. O Espírito errante é um ser que pensa e age por sua livre vontade, sendo a consciência de si mesmo seu atributo principal. A alma dos animais não tem a mesma faculdade.” O Espírito do animal é classificado, depois da sua desencarnação, pelos Espíritos que a isso compete, e quase imediatamente utilizado (para reencarnação), não tendo tempo de se colocar em relação com outras criaturas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário